quarta-feira

EAVB_WSYVRKPNYX

quinta-feira

Temporary Home


Ele olhou para cima, com um sorriso nos lábios, e disse:
- Esse é apenas o meu lar temporário, não é onde eu pertenço... Janelas e salas por onde vou passando... Apenas uma parada no caminho para onde vou. Não tenho medo, pois sei, esse é apenas o meu lar temporário.


sábado

Lost In Translation

O que significa? 

Lost in translation é um termo que se refere ao que é perdido quando se traduz algo de um idioma para outro. Por mais que tentemos, muitas vezes intenções, pedaços são perdidos, eles são únicos, é difícil encontrar uma semelhança no outro idioma. 

E acho que isso aconteceu. Na hora de traduzir meus sentimentos.

Algo se perdeu na tradução, ou eu me perdi....


Preciso me encontrar....



sexta-feira

What would my daddy say?


Ontem eu me aprontava pra dormir, seguindo a mesma rotina que sigo todas as noites: desligo o computador, escovo os denter, bebo água, checo se o portão está trancado, fecho as portas e janelas, apago as luzes, distribuo os ‘Boa Noite’s para a família e me vou. Mas ontem foi diferente. Meu pai havia discutido com minha mãe, novamente. Ela não tem tato para conversar com ele, e ele tem um problema. Após a discussão, ele saiu para beber.

Quando desliguei o PC, ele parou na porta do meu quarto, olhou pra mim, e pediu desculpas pelo seu comportamento de cedo. Eu percebi que ele estava alterado pelo álcool. Então saí para ir à cozinha, quando ele me chamou na sala e perguntou se eu poderia escutá-lo. Disse que sim, convidei-o a sentar-se no sofá, e fiz o mesmo, abraçando uma almofada. Ele começou a falar, nada eloquente. Não conseguia terminar frases inteiras, mas eu conseguia entender tudo o que ele queria me dizer. Não falei muito, pois ele só precisava que alguém o ouvisse.

Ouvi.

No final, dei alguns conselhos, disse o que ele precisava ouvir. Ele ficou mais tranquilo. Agradeceu-me e foi dormir.

Essa foi a primeira conversa de verdade que tive com meu pai em… não sei… Cinco ou Dez anos?

When it Rains...

Nunca saia muito de casa. No máximo para ir numa locadora ou na padaria. Não era de muitos amigos. Então, por ficar a maior parte do tempo sob a proteção de minha casa, sempre gostei de chuva. Saia na rua, me molhava, minha mãe chingava. Mas a sensação e o cheiro de terra molhada eram insubstituíveis.
Hoje, anos mais velho, tenho mais amigos, saio mais de casa, tenho um trabalho. A chuva se tornou um empecilho. Chego na empresa molhado, meus tênis se enxarcam, fico de mal-humor... Passei a detestar a chuva. Quando chove, pra mim, é sinal de problemas.
Foi então que percebi... que havia mudado. O stress do dia a dia, dos problemas, das preocupações, me tiraram a inocência que me permitia sorrir ao sentir a água gelada tocando minha face. Apesar dos pesares, preciso voltar a aproveitar esses momentos. Esse ventinho gelado que vem junto, nessa época. O céu nublado nos protegendo do sol que nos queima todo dia...
Preciso reecontrar o equilíbrio. Preciso me tornar sereno…


When it rain
And rain and rain and rains
When it rain
And rain and rain and rains
When it rain
And rain and rain and rains
When it rain
And rain and rain and rains

More than this
Baby I hate days like

domingo

Um 7 do 3


Ontem saí, apenas meus pensamentos como companheiros. Shopping movimentado, Dia da Mulher chegando.... nunca concordei muito com essa data... nada contra as mulheres... mas ainda assim, pra não perder o clima... Parabéns às mulheres (e aos homens, à natureza, aos animais...).

Fiquei vagando, dei algumas voltas. Mesmo sem comprar nada, era bom entrar em algumas lojas. Dava pra pegar pedaços de algumas músicas que gosto... saía de lá com elas na cabeça (Cranberries tocando na Palimontes :)

Não encontrei quem esperava, mas encontrei uns amigos. Grandes amigos. Da lista dos que mais amo, estão no topo. Fiquei olhando os dois juntos, admirando. É raro ver um casal junto à tanto tempo, ainda se gostando, se amando.

Nunca tive um relacionamento que durasse mais do que 2 meses. Não sei como é a sensação. Mantenho minhas esperanças.

Parei para relembrar do passado... percebi como mudei... Nem tanto no exterior (meus conhecidos e amigos ainda criticam o meu cabelo...), mas sim no interior. Mudei atitudes, pensamentos, opiniões. Mudei conceitos, criei novos. Ainda tenho os mesmos sonhos, algumas novas vontades. Vi como alguns amigos mudaram. Ou talvez não mudaram, talvez apenas a máscara que usavam na minha frente que tenha caído.

Continuo pensando... faço isso muito... e lutando para alcançar o futuro que almejo para mim. Deixo vocês (quem?) com esse texto, que encontrei na "página de recortes" de uma amiga, e achei lindo, e suitable para o momento.

"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo...
Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar.
Não me dêem fórmulas certas, por que eu não espero acertar sempre. Não me mostrem o que esperam de mim, por que vou seguir meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual, por que sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. 'Sou sempre eu mesmo, mas com certeza não serei o mesmo pra sempre'" (Clarice Lispector)

sábado

Ainda que mal



Ainda que mal pergunte,

ainda que mal respondas;

ainda que mal te entenda,

ainda que mal repitas;

ainda que mal insista,

ainda que mal desculpes;

ainda que mal me exprima,

ainda que mal me julgues;

ainda que mal me mostre,

ainda que mal me vejas;

ainda que mal te encare,

ainda que mal te furtes;

ainda que mal te siga,

ainda que mal te voltes;

ainda que mal te ame,

ainda que mal o saibas;

ainda que mal te agarre,

ainda que mal te mates;

ainda assim te pergunto

e me queimando em teu seio,

me salvo e me dano: amor.

- Carlos Drummond de Andrade.



----------------
Now playing: Beirut - #2/11 - Prenzlaurberg
via FoxyTunes

quarta-feira

That's all in the "Muvies"

7044c417bddeb718e058ef448de9c681

Sabe aqueles filmes suuuper românticos, onde a história (beeeem GLS) se resume à: menino com coração de pedra por que foi magoado, menino ingênuo conhece menino com coração de pedra, menino ingênuo quebra coração de pedra.... e todos vivem felizes para sempre?

Sempre sonhei que algo do tipo acontecesse comigo... apesar dos dramas e das partes tristes, sempre tinha um lindo amor no final. Viver um românce a la Best Seller de capa dura... hahaha

Enfim, devaneios meus.

Já fui chamado de ingênuo, pdoeria pegar um dos papéis... não tenho coração de pedra, então o outro não me serve... (embora as feridas estejam o tornando cada vez mais insensível...)

Aprendi tanto com meus (não-tão-duradouros) relacionamentos passados...

  • preciso deixar de ser tão introvertido.
  • preciso me socializar mais
  • preciso aprender a dançar (heh)
  • preciso controlar minha ansiedade
  • preciso aprender a esperar***************

Preciso mudar tantos defeitos que eu tenho. Não digo que tenho que mudar pelos outros, mas tenho que mudar por mim... todos temos defeitos, e eu aprendo a identificá-los e tentar resolvê-los.

Acontecimentos recentes apenas me deram uma vã esperança de que esse filme pudesse acontecer... mas o medo de trilhar o caminho me afastou (dentre outros fatores, como certos "nãos").

Também conheci pessoas especiais, que poderiam ter se tornado um relacionamento feliz e duradouro, do jeito que eu sempre quis.. mas meu medo de ficar sozinho, junto aos obstáculos que surgiram, acabaram fazendo que eu perdesse essa chance, além de fazer com que a pessoa criasse uma imagem ruim de mim...

Não, não sou falso, não interpreto papéis pra conquistar ninguém, não crio histórias, apenas leio as que vivi. Sou assim, sou eu, humano, ingênuo, menino...

Minolta DSC

Reaction

Attack_Position_by_Libras

Estou tentando mudar... digo que estou em transição... como uma lagarta se transformando em uma bela borboleta. Estava me sentindo como um animal acuado. Sabe quando você está perseguindo um cão ou um gato, e ele se encontra encolhido em um canto, com aqueles olhinhos amendrontados?

Mas animais acuados tendem a atacar... eles reagem... e é isso que vou fazer: Reagir. Não vou atacar ninguém... não faço mal às pessoas... mas vou me defender quando necessário.

Estou me recuperando mais rápido de minhas quedas. Acho que meus sentimentos aprenderam com a prática. Se recuperarem.

Ando lendo Paulo Coelho, já que gosto de muitos de seus livros. (Critiquem-me, vós que não gostais). Em Brida, me identifiquei com a protagonista... seus medos, seus anseios. O medo de escolher um caminho, visto que isso significa abandonar todos os outros. A dificuldade de levar algo até o fim. "Para não sofrer, era preciso também não amar".

"Como se, para não enxergar as coisas ruins da vida, terminasse precisando furar os olhos".

Ainda não terminei o livro... não sei como ela irá se sair... mãs... volto depois com a resposta ;)

 

Bgozcomentem

terça-feira

That's What You Get When You Let Your Heart Win

 Lonely_Corner_by_adgimenez

É errado sonhar em um amor, onde realmente haja amor? Querer um pouco de romance na vida. Sair para namorar, segurar na mão de quem se gosta.

Até onde as pessoas vão pra conseguir sexo? Simples assim... sexo... mesmo número de letras, 4...

Fingir um sentimento tão lindo, fingir ser algo que não é, apenas para se dar bem na cama, no banheiro, numa rua escura, seja onde for...

Cada dia me decepciono mais... mas ainda existe aquela chama, que luta para se manter acesa em meio à tempestade.

Aindo espero que essa borboleta pouse tranquilamente em meu ombro.

Até lá, vou caminhando, pé ante pé.

Walk this way.

 the_journey_by_elviaje

I remember when we kissed
I still feel it on my lips
The time that you danced with me
With no music playing
I remember the simple things
I remember 'till I cry
But the one thing I wish I'd forget
The memory I wanna forget
Is goodbye...

MusiK


Eu sempre ando ouvindo minhas músicas, sempre que vou à rua.
E presto atenção em suas mensagens, percebo como sempre me dizem o que preciso, na hora certa...
Músicas tem significados, não são feitas apenas pra diversão (há exceções)
Quando estiver ouvindo uma música, pare, preste atenção no que ela está te dizendo...
Pode ser o que você precisa ouvir...



Don't cry, open up your eyes and know
There's someone else out there that feels this way
I'm singing to you
Cause I know what you've been through and now

It's not so long ago I felt the same

Like soldiers, march on
If we can make it through the night we'll see the sun

March on, march on



I smile, you laugh, I look away
I sigh, you ask me why, I say,
It's ok and I am just feeling' down
Your hand on mine I hear the words
If only love had found us first,
Our lives they would be different, oh
So I stand and wait, I am just a man, oh
Where would we be now baby,
If we found each other first,
Where would we be now baby,









sexta-feira

Changes


Essa é pra alguns amigos... que já não são os mesmos....


Here I am on the phone again and...
Awkward silence is on the other end
I used to know the sound of a smile in your voice
But right now (right now) all I feel (all I feel)
is the pain of the fighting starting up again

All the things you talk about you know they stay on my mind, on my mind
All the things we laugh about they'll bring us through it everytime
after time, after time

Don't say a word, I know you feel the same
Just give me a signal, say anything, say anything
Please don't walk away, I know you wanna stay
If you just give me a signal, say anything, say anything

Some say that time changes, best friends can become strangers
But I don't want that, no not for you
If you just stay with me we can make it through

So here we are again
Same old arguement
Now I'm wondering if things'll ever change you
When will you laugh again, laugh like you did back when
We'd make noise til 3:00 A.M.
When the neighbors would complain

All the things you talk about you know they stay on my mind, on my mind
All the things we laugh about will bring us through it everytime,
after time, after time

Don't say a word, I know you feel the same
Just give me a signal, say anything, say anything
Please don't walk away, I know you wanna stay
If you just give me a signal, say anything, say anything

I'm fallin, I'm fallin, I'm fallin down
I'm fallin, I'm fallin, I'm fallin down
Down...down...down

Don't say a word, I know you feel the same
Just give me a signal, say anything, say anything
Please don't walk away, I know you wanna stay
If you just give me a signal, say anything, say anything

(Please don't leave)
Don't say a word, I know you feel the same
Just give me a signal, say anything, say anything
(Please don't leave)
Please don't walk away, I know you wanna stay
If you just give me a signal, say anything, say anything

quinta-feira

Han-Han



Você não pertence só a você, sabia?

Não há nada nesse mundo que pertença somente a você.

Todos têm conexões com alguém mais e dividem algo através dessas conexões.

É por isso que você nunca poderá ser livre...

e também é por isso que é divertido...

triste...

e caro...

knihT ( - . - ) Think

Vamos dividir, metade-metade...

Não tente fazer tudo sozinho, os amigos estão ali para lhe ajudar a dividir esse peso...



quarta-feira

Aruiteru

Eu tenho vontade de viajar, conhecer outros países, outras paisagens...
Por mais que eu seja ligado à minha cidade, pelos meus amigos, parentes,
e momentos que vivi aqui.

Escócia, Inglaterra, Irlanda, Nova Zelândia, Japão...
Países com belas paisagens naturais, imensidões de campos verdejantes...

Mas é meio complicado de eu sair de casa...
A primeira barreira é a financeira... essa viagens são muito caras >.<"
A outra barreira, é a minha família....
Eu sou como um pilar que sustenta a harmonia da casa.
Por mais que meu pai seja o provedor financeiro, e minha mãe resolva
as questões do lar, sou eu quem mantenho o equilíbrio. Sou eu o que
dá conselhos a minha mãe, apaziguo os ânimos em momentos difíceis,
sou eu quem tento manter a maior estabilidade possível nesse ambiente...

Não sei o que seria dessa casa se eu saísse por tempo indeterminado.
Então, ao menos por hora... vou ficando....

Vocês que tem chance, vão, e conheçam por mim, as maravilhas que o mundo
tem a oferecer... e vão em paz

^w^